• Colégio Dinâmico

Hóspede do Tempo - Poesia de Álvaro Catelan



HÓSPEDE DO TEMPO


Para se chegar até aqui foi preciso ter sido,

muito mais do que ter tido.

Foi preciso ter sido impetuoso,

quando o momento foi de romper obstáculos;

ter sido prudente, quando a hora foi de escolha e decisão;

Ter sido forte, quando a situação

era de luta, de conquista, de realização.

E preciso ter sido exemplo,

quando o momento era de formação;

Ter sido paciente, quando ânimos estiveram exaltados;

Ter ido na frente quando foi preciso abrir caminho

e ter ficado por último, quando a fila era para se servir;

Para chegar até aqui foi necessário ter sabedoria,

que é o acúmulo dos conhecimentos ao longo dos anos.


Ter sido tolerante quando a casa foi desarrumada

Em nome da modernização

e depois ter sido paciente

recolocando as peças novamente no mesmo lugar,

para voltar à normalidade do bom funcionamento.

Para chegar até aqui foi preciso ter sabido ouvir tudo

e a todos e ter aprendido a falar só o necessário e na hora certa;


Foi preciso ter descoberto no espírito a fonte da informação, para amadurecer

permanecendo sempre presente, atual.

Para se chegar até aqui foi preciso ter tido fé.

Sempre muita fé, para acreditar que o amanhã

não é simplesmente o que vem depois do hoje,

mas o que se junta ao longo dos anos

e vai se descortinando eternamente pela vida afora.

Até não sei quando... ou até quando Deus quiser...



CATELAN

0 visualização0 comentário