• Colégio Dinâmico

VOCÊ QUER LER UM LIVRO?


Quando foi que a última vez que você leu um livro? Lembra do título ou do que ele tratava? Especialistas afirmam que essa prática aumentou, no Brasil, nos últimos anos; por outro lado, há aqueles que defendem o contrário “a multi tela está substituindo o livro”. Mas uma coisa é certa, o brasileiro poderia ler mais e isso mudaria a sociedade.


A leitura estimula a imaginação, potencializa a interpretação crítica, sensibiliza as ações e aperfeiçoa a comunicação. Ao ler uma boa obra, invadimos cenários longínquos, diferentes e até surreais, nos transportamos para outra dimensão e voltamos, diferentes, à realidade quando fechamos o livro. O que antes era até proibido, ler hoje é acessível a todos, mas seletivo a algumas classes sociais.


Para alguns, o preço do livro realmente passa das expectativas financeiras, o que poderia ser superado com bibliotecas públicas, fato este que não acontece. Outro motivador para a ainda tímida prática é a disputa com as obras cinematográficas e, agora, os seriados do streaming. Enquanto assistimos a vários episódios de seriados infindáveis, poderíamos ler dezenas de páginas – sabendo que a intensidade do contato é mais profunda.


Dentro de casa, os pais, para que o filho dê sossego, entregam aparelhos eletrônicos que os deixam vidrados com os efeitos de cores e os sons hipnotizantes que, com o passar do tempo, tornam-se mais atraentes que as páginas foscas de papel. Assim é o fluxo, na qual gerações leitoras sedem espaço.


Os livros podem conviver com as telas, isso deveria ser o ideal. O ruim é perceber que progressivamente o interesse populacional por obras literárias está diminuindo. Não sendo culpa dos leitores, mas de todo um sistema que tem menos tempo e mais pressa.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo